“Quem decide se a vitória será da carne ou do Espírito somos nós”, diz pastor Lucinho

O pastor Lucinho Barreto usou a passagem da mulher que foi pega em flagrante adultério (João 8:3-11) para mostrar que Jesus não só a perdoou, como deu a ela força para não mais pecar.

Para respaldar sua pregação, Lucinho usou o seguinte argumento: “Jesus pergunta à mulher: ‘Onde estão os que te condenaram? Ninguém te condenou? Ela disse: Não, Senhor. E Jesus disse: ‘Eu também não te condeno. Agora vá e abandone sua vida de pecado”.

“Muitas pessoas estão vindo para Jesus e elas chegam toda arrebentadas, com práticas de vida que desagradam a Deus”, diz. O pastor fala que essas pessoas entregam a vida a Jesus e continuam vivendo da mesma maneira que viviam antes.

“O Evangelho não é venha como está e fique como quiser; o Evangelho é venha como está e deixe Cristo mudar a sua vida”, explica.

O pastor explica que quando Jesus disse à mulher “vá e abandone sua vida de pecado”, Ele não estava dando só uma ordem, ele estava dando àquela mulher a força para ir e não pecar”.

“Quando entregamos a vida a Jesus, o próprio Jesus vem morar em nós, na pessoa do Espírito Santo e, com o Espírito Santo habitando na gente, pela primeira vez na nossa vida, nós temos condições de olhar uma tentação, olhar um vício, olhar uma coisa ruim que a gente praticava e não fazer”, exemplifica.

Lucinho explica que isso acontece porque “a força do Espírito Santo é maior do que a força do pecado”.

“A Bíblia fala dessa guerra entre o pecado o Espírito Santo dentro de nós, mas quem vai decidir quem vai vencer é você, quem vai dizer eu dou a vitória hoje para a minha carne ou eu dou a vitória hoje para o Espírito Santo é você que define”, diz o criador do Ministério Loucos por Jesus.

Ele diz que, com a entrada de Jesus a nossa vida, pela primeira vez nós não somos mais escravos do pecado. Lucinho usa uma frase do Pr. Márcio Valadão, para deixar mais clara sua pregação: “Ele fala que é possível passar um dia inteiro sem pecar, é possível passar dois dias inteiros sem pecar, é possível passar uma semana todinha sem pegar; é impossível não pecar em algum momento, porque ainda estamos habitando nesta carne. Mas, é possível transformar o pecado simplesmente num acidente”.

Lucinho diz que o problema é que muita gente veio para Jesus, mas o pecado continua sendo um encontro marcado, algo premeditado. E se é premeditado, provavelmente essa pessoa não teve um encontro com Jesus, porque na vida do cristão verdadeiro, o pecado não é um encontro marcado, é um acidente.

Lucinho diz que tem gente que sai do culto e antes dormir olha pornografia no celular. “A coisa já é premeditada. Você precisa entender o que Jesus está te dizendo: Vá e abandone sua vida de pecado”, diz.

O pastor diz que não é um desejo só de Jesus e também não é só uma ordem. “Ele está te dando força, dizendo para você, a partir de agora você pode e você vai ter força para olhar o pecado nos olhos e dizer ‘eu não vou pecar’”.

Lucinho diz que Jesus dá essa força para que a pessoa não peque mais. Ele conta que conhece muita gente que vivia uma vida cheia de pecados e conseguiu parar, pessoas assassinas, que Jesus transformou a vida e hoje que ainda ganhou outros assassinos, gente viciada, gente que vendia drogas. “Essas pessoas não só pararam [de pecar], como hoje ajudam outras”, diz.

O pastor diz que isso não é força do pensamento positivo, não é terapia, não é remédio antidepressivo. “Isso é Jesus dizendo: ‘Eu te dou força para parar de pecar”.

“Não sei qual é o seu pecado e não estou aqui para julgar os de ninguém, mas eu sei que Jesus tem dado a mim força para não pecar. Então ele diz para mim e para você hoje: ‘Filho, filha, eu não te condeno, mas vá agora e eu te dou força para você abandonar sua vida de pecado”.

Asssita:

[embedded content]

Print Friendly, PDF & Email

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *