Embaixador da África do Sul chega ao Tocantins para conhecer potencialidades agrícolas

Redação JM Notícia

Reunião com embaixador da África do Sul sobre potencialidades do Agro no Tocantins Foto – Wilson Rodrigues/Governo do Tocantins

O embaixador da África do Sul no Brasil, Ntshikiwane Joseph Mashimbye, desembarcou nesta segunda-feira, 17, na Capital tocantinense para conhecer as potencialidades do agronegócio no Estado. Em sua primeira reunião, o Embaixador Mashimbye esteve, na sede do executivo estadual, com o secretário da Agricultura, Pecuária e Aquicultura do Estado, César Halum e equipe da Seagro, bem como representantes de várias instituições relacionadas à Área no Tocantins como, a Organização das Cooperativas do Estado, a Cooperativa Agroindustrial, a Superintendência Federal da Agricultura, a Federação das Associações e Entidades Rurais, Associação dos Produtores Rurais do Sul do Estado, a Associação dos Engenheiros Agrônomos, a Colônia de Pescadores de Palmas, além da Cooperativa Frisia e da Secretaria de Desenvolvimento Rural de Palmas.

“O objetivo principal é conhecer o Tocantins e também apresentar a África do Sul como um país que está aberto para receber investidores e novas tecnologias”, detalhou o secretário César Halum, acrescentando que o embaixador pontuou que o Brasil se destaca na área do agronegócio, particularmente com o pequeno produtor se desenvolvendo e abastecendo os grandes centros com produtos da agricultura familiar.

“No Tocantins, em especial, explicamos como trabalhamos e estamos obtendo sucesso na agricultura familiar. Aliamos a pesquisa e assistência técnica ao produtor rural”, explicou Halum durante a reunião. O número de agricultores familiares no Estado corresponde a aproximadamente 42 mil famílias, distribuídas em 540 assentamentos, da Reforma Agrária (Incra) e do Crédito Fundiário (Seagro) gerando cerca de 120 mil postos de ocupação, e contribuindo com 40% do valor bruto da produção agropecuária, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e  Seagro.

Ainda de acordo com esses dados, no Estado, 50% das terras destinadas às atividades agrárias (agricultura, pecuária, pastagens naturais e cultivadas, e silvicultura) são ocupadas com atividades da agricultura familiar. Uma média de 18 hectares por unidade familiar, que produz cerca de 70% dos alimentos consumidos na mesa dos brasileiros, a exemplos da farinha de mandioca e derivados, arroz, leite, frutas, carnes (frango, suíno e bovino) e frutas.   

“Neste primeiro encontro foi proposto um intercâmbio entre os engenheiros agrônomos do Tocantins e os da África do Sul. Com certeza vão surgir novos encontros” finalizou o secretário convidando o embaixador para que visite a Feira Tecnológica do Tocantins (Agrotins) que será realizada  de  05 a 09 de maio próximo.

O post Embaixador da África do Sul chega ao Tocantins para conhecer potencialidades agrícolas apareceu primeiro em JM NOTÍCIA.

Print Friendly, PDF & Email

Add Comment

Deixe uma resposta