Como a pandemia deve ser encarada pelos cristãos?

Milhões de pessoas acompanham diariamente os noticiários em busca de informações sobre o novo coronavírus. Boa parte desse público se preocupa com os efeitos da doença que pode levar a morte. Uma médica cristã deu orientações sobre a maneira como a pandemia deve ser encarada pelos cristãos.

“Para aqueles que acreditam em Deus, o medo não é uma opção viável. Centenas de vezes a Bíblia  no diz que não temamos. Uma das minhas passagens favoritas são as palavras de Jesus: ‘Eu te disse estas coisas para que em Mim você tenha paz. No mundo você terá tribulações. Mas tenha bom ânimo. Eu venci o mundo (João 16:33)”, escreveu a médica Carol Peters Tanksley.

Mente ligada ao Espírito Santo

A médica lembrou que em momentos de dificuldade, quer seja pela ameaça do coronavírus ou outros motivos, o cristão deve manter a sua mente cativa ao Espírito Santo de Deus, através das orações e da leitura da Bíblia Sagrada.

“A oração mantém sua mente em um lugar saudável. Especialmente em tempos difíceis, precisamos primeiro seguir nossas pistas de nosso Pai celestial”, destacou Carol, lembrando que ter fé não significa deixar de ser prudente. Se por um lado o medo prejudica o senso crítico, por outro o fanatismo religioso produz ignorância.

“Use sabedoria. Lave suas mãos. Pratique o distanciamento social. Converse calmamente com sua família sobre quais ações você tomará durante esse período”, explica a médica, citando também a oportunidade que os cristãos tem de testemunhar o amor de Cristo, ajudando os mais necessitados.

“Em seguida, examine em espírito de oração, em seu mundo imediato, como Deus ajudaria outras pessoas necessitadas. Isso falando de idosos ou doentes, seu local de trabalho, sua igreja”, completou Carol, informou.

Print Friendly, PDF & Email

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *