Racionalizando

4
0

Sempre que surge um conflito mental em uma pessoa saudável, ela vai ter a tendência de tentar resolver o mais rápido possível, de modo a não gerar angústia. Quando protelamos uma decisão, geramos ansiedade, o que nos torna menos objetivos e focados em nossas tarefas diárias. A verdade é que nem sempre sabemos como agir, e vamos considerando a questão de forma indireta, tentando ajustar a questão que nos aflige, muitas vezes, gerando mecanismos de defesa mentais.

Um dos mecanismos de defesa mais utilizados é a racionalização, quando tentamos explicar nossas atitudes justificando nossos fracassos e erros. É o caso de um aluno que não consegue resolver uma questão: ele pode assumir seus erros ou simplesmente se auto desculpar, usando frases como “não foi minha culpa, a questão é que estava muito difícil”, “não respondi por que não tive tempo de estudar, pois estou com muitos problemas em casa”, “a questão estava mal elaborada, por isso não entendi nada”!

Uma pessoa pode culpar o fato de a passagem estar cara para não pagar uma condução. Alguém que não consegue algo que deseja, pode se justificar dizendo que, na verdade, não queria aquilo; ou uma garota que foi dispensada por um rapaz pode dizer que, afinal, “ele nem era tão bom, e nem sabe como foi gostar dele!”.

A Racionalização traz uma nítida preocupação em justificar a si mesmo, pode ser útil quando sem exageros, mas não devemos distorcer a realidade e criar a impossibilidade de resolver nossos conflitos de forma realista. Sempre será melhor encarar a realidade de frente, sendo verdadeiros sobre nossos erros e defeitos, de forma a melhorar o que fazemos e aprimorar quem somos!

Elaine Cruz é pastora no Ministério Fronteira, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro; Psicóloga clínica e escolar, especializada em Terapia Familiar, Dificuldades de Aprendizagem e Psicomotricidade; Mestre em Educação pela Universidade Federal Fluminense; palestrante e conferencista internacional, com trabalhos publicados no Brasil e no exterior; Mestre em Teologia pelo Bethel Bible College (EUA); e membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil, com oito livros publicados.
This site is using SEO Baclinks plugin created by Locco.Ro